Sites Associados
Doe recursos para manter este site
Busca:
 

O ASSASSINATO DE DONALD TRUMP

Do diário de Ben Stein

AMERICAN SPECTATOR
 

17/01/2017

A batalha de Waterloo foi ganha nos gramados de Eton. Assim diz um velho ditado, referindo-se à bravura e à disciplina dos oficiais aristocráticos do Exército Britânico, que aprenderam enquanto jogavam rugby contra Harrow.

A batalha de Watergate foi ganha nas redes de TV e nas redações de jornal. Lá, "um corpo efêmero de esnobes impudentes", como Bill Safire brilhantemente colocou, lançou um golpe de mídia que fez uma nação entrar em pânico na ilusão de que um microscópico respingo de um arrombamento insanamente inútil,  exigiu a execução do estadista mais eficaz na história dos EUA, Richard Nixon.

Um punhado de desprezíveis riquinhos, cheios de negativismo, basicamente tomou o controle dos principais órgãos da imprensa e lançou um ataque que resultou no genocídio no Camboja, entre outros desastres.

Isto era, como o gênio Edith Efron [1] o colocou, "notícia de parte alguma", um conto de sound and fury contando o domínio pela esquerda dos meios de comunicação, como diria o Bardo.

Agora eles estão tentando a mesma coisa com Trump. Para derrubá-lo por ataques intermináveis contra ele como um racista, um valentão e uma droga.

De certa forma, é lamentável. John Lewis, dem. Ga., ainda alimentando uma ferida na cabeça de 1966 ou 67, dizendo Trump que não é um presidente legítimo porque os russos descobriram que o Democratic National Committe sabotou a campanha de Bernie Sanders. Coisa de louco!
Então Trump dispara que Lewis é um perdedor. Isso é briguinha idiota de pátio de colégio, exceto pelo que se segue.

O outrora onipotente New York Times chama Trump de racista por defender-se contra um ataque. Um repórter negro no Times escreve um artigo irritado sobre um Trump racista ... sem nenhum fato real. Mas ninguém se importa. Isso é notícia. Ninguém se importa com a verdade.

O NYT não é mais a fonte essencial, há muito tempo. Os eleitores obtêm suas notícias de um zilião de fontes na Internet. O Times é uma voz e uma voz grande. Mas há um bilhão de outras vozes agora. E cerca de metade da nação simplesmente não acredita mais na Big Media. Eles não compram a mentira viciosa de que os brancos são todos racistas. Eles sabem que o Black Caucus e os Black Lives Matter são os verdadeiros racistas. Eles sabem que Joe Sixpack  não é, e de qualquer maneira, eles não se importam.

Estão cansados de serem empurrados. Eles elegeram um cara duro que não será posto na roda. É um shtarker [2] e não pode ser derrubado pelos matadores bullies da mídia.

A esquerda vai bater e bater e bufar de raiva. Mas agora é um mundo diferente. Relembrando: as pessoas que elegeram Trump não acreditam de maneira nenhuma que ele seja racista e estão cansados de ouvir este refrão.

Esse cara, o Trump. Ele não é uma alma sensível como Nixon. Ele sabe quão violentamente ciumentas são as pessoas da mídia. Mas ele não lhes deve nada. Ele zombou deles. Ele os está tirando da Casa Branca. É brilhante. Ele está tornando real a verdade de hoje.

As pessoas dos meios de comunicação não são bons rapazes em geral. Eles são esnobes ciumentos. Eles não vão mais estrelar o show. Um tweet de Trump explode em pedaços suas histórias de 5.000 palavras. Esta batalha sobre a legitimidade de Trump acabou! Na mente de Trump e na mente de seus eleitores ele é legítimo e a mídia não é. Ele sabe como o mundo funciona. É um reality show de verdade agora.

Tradução: Heitor De Paola

NOTAS DO TRADUTOR:

]1]Jornalista e escritora americana (1922-2001)

[2]Personagem de uma novela americana, Get Started, de 1965.


 
AS MENTIRAS DO ACORDO DO CLIMA DE PARIS (INGLÊS)


AS MENTIRAS DO BUZZFEED E DA CNN SOBRE TRUMP (LEGANDAS: TRADUTORES DE DIREITA)


O CRIME E OS DIREITOS DOS MANOS
A base teórica dos Direitos dos Manos Ricardo Gustavo Garcia de Mello Explode uma série de rebeliões nos presídios causadas pelas disputas de facções criminosas pelo monopólio do crime organizado, assistimos transporte públicos queimarem e como sempre os responsáveis pelos atos criminosos não são os criminosos,..


ENTREVISTA CARLOS LACERDA (CORTESIA: TRADUTORES DE DIREITA)


ESCALADA DE DESTRUIÇÃO DO ESTADO COLOMBIANO
SUMARIO DE LA DEMOLICIÓN DEL ESTADO COLOMBIANO Darío Acevedo Carmona 9 de enero de 2017    Para los que no se han dado por enterados, apenas regresan o están resignados o se han rendido o están indecisos, para los que seguimos dispuestos a luchar por el país, va este recorderis,..


NUVENS NEGRAS SOBRE BOGOTÁ
2017: NUBES NEGRAS Y RETOS Darío Acevedo Carmona 2 de enero de 2017    Con plena certeza podemos decir que el año 2017 no será ni venturoso ni próspero ni agradable para los colombianos. Con la imposición del acuerdo con las FARC a costas de sacrificar la Constitución y corromper los principales órganos del poder y las instituciones,..


O OUTRO LADO DA NOTÍCIA - A CIA, NOVA ALIADA DA ESQUERDA MUNDIAL E SEU PORTAVOZ CNN


O PROBLEMA DAS CADEIAS É A FALTA DE CUMPRIMENTO DA LEI


BUZZFEED E CNN DESMORALIZAM A IMPRENSA
Por que a debacle do BuzzFeed prejudicou o jornalismo e deu um presente para Trump Howard Kurtz FoxNews 12/01/2017 Para o BuzzFeed publicar alegações totalmente infundadas contra Donald Trump - dizendo  ao mesmo tempo que "há sérias razões para duvidar das alegações" – desmoraliza a prática do jornalismo...


AS ORIGENS OBSCURAS DA IDEOLOGIA DE GÊNERO - PE. PAULO RICARDO